Projeto Escola no Campo

Projeto Escola no Campo 

O Projeto nasceu em 1991, por meio da parceria da Syngenta com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, para conscientizar as novas gerações da necessidade de se preservar o meio ambiente. Desde 2009 conta com as ações estratégicas e o apoio técnico da Fundação Abrinq.

O Projeto tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades do campo através da qualidade na educação, integrando iniciativas de saúde, segurança alimentar, agricultura e outras. Para cumpri-lo, foi desenvolvido um programa didático que é usado nas escolas rurais, contando com a participação ativa dos professores, que inserem os conteúdos educativos do projeto na grade curricular das séries atendidas.

No Escola no Campo, os jovens são estimulados a transmitir o que aprendem para suas famílias e para a sociedade em que vivem. Dessa forma, o Projeto também assume papel importante na conscientização dos adultos sobre os conceitos de agricultura sustentável. Seu principal resultado é o aumento da qualidade nas práticas agrícolas das regiões atendidase o crescimento da auto-estima dos jovens que vivem nas áreas rurais, a partir do momento em que tomam conhecimento da importância do agricultor na economia do país.

Com este Projeto, a Syngenta contribui para que a agricultura sustentável seja mais amplamente praticada no Brasil, possibilitando aos agricultores produzir cada vez mais com menos recursos naturais, e atendendo às crescentes necessidades da população mundial.

153 municípios em 11 estados brasileiros
399 escolas participantes
16.750 crianças e adolescentes beneficiados
667 profissionais de educação atendidos com as formações presenciais
45 voluntários da Syngenta atuando como articuladores locais
41 parceiros locais da iniciativa privada - cooperativas de agricultores e representantes comerciais

14

Julho

FUNDAÇÃO ABRINQ PROMOVE REFLEXÃO SOBRE TRABALHO INFANTIL EM REGIÃO AGRÍCOLA

Por June Hellen Sant’Ana Marques

O Sul é região com a maior concentração de trabalho infantil proporcional ao número de crianças e adolescentes entre 5 e 17 anosFundação Abrinq, que tem como bandeira o combate ao trabalho infantil, reuniu mais de 70 educadores das cidades agrícolas de Holambra (SP), Espumoso (RS) e Campos Novos (SC) para uma formação sobre o Trabalho Infantil e Direitos da Criança e do Adolescente.

06

Julho

Projeto Escola no Campo inicia formação de profissionais

Por Fundação Abrinq

Entre os meses de maio e junho, teve início a formação presencial dos profissionais que atuarão no Projeto Escola no Campo (PEC). O Projeto tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades rurais através da qualidade na educação, integrando ações nas áreas de segurança alimentar, agricultura sustentável, direitos de crianças e adolescentes e trabalho infantil no campo. Para cumpri-lo, foi desenvolvido um programa did

19

Março

Projeto Escola no Campo promove ações de conscientização sobre uso consciente de água

Por Fundação Abrinq

Escolas de Formosa (GO) e São João da Boa Vista (SP) estão entre as que realizam o projeto com seus alunos

O Dia Mundial da Água está chegando – neste domingo (22), e a crise hídrica que o Brasil tem enfrentado, principalmente na região Sudeste, coloca em cheque a maneira como temos explorado esse recurso natural. As chuvas bem abaixo da média, aliado a falta de planejamento e investimento do poder público, e a um uso muitas vezes irresponsável por parte da popula

Veja a relação de municípios participantes.

Patrocínio Máster