NOTÍCIAS

14

Julho

FIQUE POR DENTRO DA LEI DA APRENDIZAGEM: UM COMPROMISSO SOCIAL

Por Caroline Derschner Videira

Considerada uma das mais importantes estratégias contra o trabalho infantil, o cumprimento da Lei da Aprendizagem é uma das bandeiras defendidas pela Fundação Abrinq, além de ser um dos compromissos firmados pelas Empresas Amigas da Criança (EACs).

Em 2013, a Fundação Abrinq lançou uma publicação sobre o tema.

14

Julho

MAIS DE 2.000 PREFEITOS ASSINARAM O COMPROMISSO COM A PROMOÇÃO DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Por Caroline Derschner Videira

Em junho, a Fundação Abrinq comemorou! Já são mais de 2.000 Prefeitos que assinaram o compromisso com a promoção dos direitos das crianças e adolescentes.

Como funciona o Programa?

O programa é apartidário e convida todos os Prefeitos e Prefeitas a assinarem o compromisso para implementação de ações e políticas que proporcionem avanços na s

14

Julho

CONHEÇA AS ORGANIZAÇÕES CONVENIADAS EM MAIS UMA ETAPA DA 19° EDIÇÃO DO PROGRAMA NOSSAS CRIANÇAS

Por Caroline Derschner Videira

Em junho, mais três organizações foram conveniadas em cerimônia realizada na sede da Fundação Abrinq: a Associação SOS Família São Geraldo, de Guarulhos (SP), o Lar Fabiano de Cristo – Casa de José, de Belém do Pará e a Casa da Criança de Taquarituba, em Taquarituba, interior de São Paulo. Com o apoio técnico e financeiro, estas organizações continuarão beneficiando crianças que terão suas

14

Julho

FUNDAÇÃO ABRINQ RESGATA O MUNDO MÁGICO DA LEITURA EM CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL EM POÇOS DE CALDAS

Por Caroline Derschner Videira

“Como é gostoso a mãe contar uma história para o filho e fazer brincadeiras com ele” — Esse foi um dos valores que Giovana Andréia Pasculli, do Centro de Educação Infantil (CEI) Lápis de Cor (em Poços de Caldas - MG) afirma que a Fundação Abrinq ajudou a resgatar durante a primeira edição do Projeto Ciranda do Aprender, que aconteceu durante o ano de 2016.

14

Julho

GABRIEL, 4 ANOS, FILHO DO TRÁFICO

Por Fundação Abrinq

Quem via Gabriel aos 4 anos de idade, em uma organização de atendimento a crianças em São Paulo, mal podia imaginar que aquelas mãozinhas tão pequenas já manuseavam com facilidade pedras de crack.

Gabriel era mais um “aviãozinho”, como a população costuma chamar as crianças envolvidas na realização de entregas de drogas na triste rotina do tráfico.

Os

Pesquisar

Newsletter

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos boletins eletrônicos.



 

@FundacaoAbrinq