Notícias

Mais de 600 crianças ganham ingressos para parques de diversões

12/04/2019
parques de diversão, Dia Nacional da Alegria

A última quarta-feira (10/4), foi um dia muito especial para mais de 600 crianças de organizações da sociedade civil conveniadas à Fundação Abrinq. Os pequenos puderam passar o dia e se divertir em diversos parques pelo País, entre eles o da Mônica, localizado em São Paulo (SP), que, sozinho, recebeu 212 crianças, a partir dos 6 anos. 

Para Yolanda, coordenadora da Associação Maria Flos Carmeli, a ação é uma das principais formas de mostrar aos alunos um outro mundo que, no dia a dia, eles não conseguiriam ter acesso. 

“É a primeira vez de todos aqui, eles nunca têm a oportunidade de vir porque é muito caro. As crianças chegaram e ficaram encantadas com o lugar, porque são muitos brinquedos, elas não sabiam para onde ir, mas conseguiram passar em todos”, conta.

“Estamos em um processo de tentar promover essa parte cultural, da diversão, e onde eles estão inseridos não tem muitas condições de acesso. As famílias as vezes ganham um salário mínimo, mal dá para pagar o aluguel e a alimentação. Essa ação é maravilhosa, porque dá a oportunidade para eles conhecerem um outro mundo”, completa. 

Além de promover a inclusão, a ocasião também proporcionou momentos de desenvolvimento, descontração, interação e até superação entre as crianças presentes. Como relata Fabiana Santello, assistente de comunicação do Instituto Dom Bosco: “Tem um aluno nosso que tem algumas limitações e estava na parede de escalada, para mim isso é uma superação muito grande, acho que essa foi uma das partes mais especiais, ver ele se desenvolvendo mesmo com as dificuldades”.

“A ação é muito importante para a imaginação, criatividade e vivência em geral. É um momento onde eles entram em contato com outras crianças e alimentam um pouco dessa magia, que ajuda a incluir coisas que talvez eles não tenham tanto acesso. Eles se divertiram bastante, deu para ver nos olhinhos a alegria” ressalta. 

As crianças, empolgadas, passaram a semana questionando sobre o passeio e como seria, muitas deixaram de dormir à noite ansiosas pela chegada do grande dia. Para evitar que o filho ficasse ansioso e não conseguisse dormir, Denise, mãe do Caio, de 5 anos, só contou do passeio um dia antes de ir ao parque, assim, evitou que o momento interferisse na rotina do pequeno. 

Ela ainda menciona que sem a ação, muitas crianças não poderiam conhecer o local pois “não teriam como pagar” e que, por isso, o dia foi especial para a maioria delas. “As crianças adoraram e não estão querendo ir embora. Elas vão ter histórias por um bom tempo”, afirma.

A ação faz parte do Dia Nacional da Alegria (DNA), realizado pelo Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (SINDEPAT) e pela Associação das Empresas de Parques de Diversão do Brasil (ADIBRA), com o apoio da Fundação Abrinq. 

O DNA tem como objetivo promover o acesso à diversão para milhares de crianças e adolescentes, partindo do princípio que a brincadeira é um critério fundamental para uma aprendizagem saudável e significativa, além de ser direito de todas as crianças.

“É um dia que é estimulado para acontecer simultaneamente nos parques associados, porém, além do DNA, cada associado tem várias outras ações ao longo do ano”, explica Carolina Negri, diretora do SINDEPAT.

Ao todo, foram doados 622 ingressos para cinco organizações parceiras da Fundação. Segundo Carolina, a ação é o começo para disseminar a diversão para todas as crianças: “É plantar uma sementinha e muitas vezes ser a alegria do mês ou de uma vida inteira. Que todos possamos celebrar a alegria e proporcioná-la para as crianças”, finaliza. 

Confira quais organizações participaram em cada parque:

  • Associação Beneficente ao Menor Carente do Parque São José — Beach Park, localizado em Aquiraz (CE);
  • Associação Maria Flos Carmeli e Instituto Dom Bosco — Parque da Mônica, localizado em São Paulo (SP);
  • Coordenação Regional das Obras de Promoção Humana (CROPH) – Centro para Crianças e Adolescentes Flor de Ouro — Magic City, localizado em Suzano (SP);
  • Sociedade Humana Despertar — Wet’n Wild, localizado em Itupeva (SP). 
Crianças no Parque da Mônica, em São Paulo.​​​​​

Crianças no Parque da Mônica, em São Paulo.​​​​​

Acompanhe a Fundação Abrinq nas redes sociais